Logo
Banner
Banner
Banner
Metodologia de acúmulo de tecnologia e biblioteca
Seja qual for o caminho a escolher sobre a forma de desenvolvimento dos seus projetos (desenvolver a sua própria plataforma ou se especializar em um framework existentes), sugiro seguir uma metodologia de armazenamento de qualquer função desenvolvida ou incorporação de “script” que imagine poder usar em outros projetos.

Desde sempre, eu guardava algum código que eu achasse interessante e trabalhoso, porém não de forma organizada seguindo uma metodologia. A partir do momento que me organizei para passar a criar minha própria biblioteca de forma organizada, senti um salto significativo na qualidade dos projetos que passei a desenvolver. Mesmo porque, na medida em que vai revisitando aquele código, é inevitável que faça algum ajuste ou nova implementação que resulte sempre numa melhoria da aplicação da lógica e o torne mais eficiente e conseqüentemente, seu sistema vai se tornando mais maduro.
Esta metodologia é especialmente útil quando trabalhamos com mais de uma tecnologia, como é o meu caso. Ainda mais quando pensa numa arquitetura de informações que possa ser migrado com facilidade. Seja entre linguagens ou até entre plataformas (aplicativos e web sites).

Claro que esta sugestão só vale para o profissional que deseja seguir uma carreira longa de desenvolvimento, pois pode tomar alguns minutos para fazer o trabalho de limpeza toda vez que termina uma nova funcionalidade. No início, eu achava meio chato fazer isso. Mas depois de um tempo, me habituei e não consigo mais finalizar uma função que eu não sinta a necessidade de incorporar à minha biblioteca e deixar mais rica e eficiente.
Depois de muito tempo fazendo este procedimento, esbarrei num vídeo do TED que falava sobre isso, mas em outros termos. Se você é familiar com as palestras organizadas pelo TED, logo vai perceber que focam bastante em produtividade e biografia de algumas personalidades emergentes. Num desses vídeso, lembro de um palestrante falando sobre os hábitos de pessoas mais produtivas e constava a tarefa de limpeza após o dia de trabalho. No mundo do desenvolvimento, acredito que este procedimento se equivaleria ao “clean up”.